quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A validade do diploma obtido através da educação a distância

Por Moacir Garcia*

A Norma máxima sobre educação no Brasil é a Lei nº 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDBEN).

Esta lei, em seu art. 80 versa o seguinte: “o Poder Público incentivará o desenvolvimento e a veiculação de programas de ensino a distância [EaD], em todos os níveis e modalidades de ensino, e de educação continuada.” Tal dispositivo legal foi regulamentado através do Decreto nº 5.622/2005.

Sobre validade de diploma de nível superior, na LDBEN só há registro num único artigo, que transcrevo na íntegra abaixo:

"Art. 48. Os diplomas de cursos superiores reconhecidos, quando registrados, terão validade nacional como prova da formação recebida por seu titular.

§ 1º Os diplomas expedidos pelas universidades serão por elas próprias registrados, e aqueles conferidos por instituições não-universitárias serão registrados em universidades indicadas pelo Conselho Nacional de Educação."

Já o referido Decreto Federal regulamentador da Educação a Distância no País exprime o seguinte posicionamento sobre a validade de diploma EaD:

"Art. 5º Os diplomas e certificados de cursos e programas a distância, expedidos por instituições credenciadas e registrados na forma da lei, terão validade nacional.

Parágrafo único. A emissão e registro de diplomas de cursos e programas a distância deverão ser realizados conforme legislação educacional pertinente."

Como se vê, em nenhum dos principais instrumentos legais que versam sobre Educação a Distância (EaD) em nosso País – a Lei 9.394/1996 e o Decreto Federal nº 5.622/2005 – há distinção entre educação presencial ou a distância como critério para valorar mais ou menos um diploma, seja ele de qualquer nível escolar.

Assim, com base na legislação educacional vigente, conclui-se que os requisitos mínimos para que um diploma de nível superior tenha validade nacional são estes:

- instituição de ensino superior credenciada para educação a distância no MEC;

- curso superior reconhecido; e

- diploma registrado.


* Moacir Garcia é servidor público estadual do ES, Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos pela UMESP, com diversos cursos de aperfeiçoamento/atualização na área de Gestão, atuando há mais de 17 anos no treinamento e desenvolvimento de servidores estaduais.

2 comentários:

  1. Moacir,

    Vira e mexe surgem dúvidas das pessoas sobre o tema. Com este artigo, poderei direcionar as pessoas para este poste para serem esclarecidas. Abs.

    ResponderExcluir
  2. Há condições de postar quais universidades, tem cursos de graduação online na área da indústria, preferencialmente petrolífera.

    ResponderExcluir